29.2.2016

As famílias de Cristo

As famílias de Cristo

Na Sagrada Família, o amor foi pleno; nela, a marca de Deus era dupla: pela presença de Cristo, pela presença dos atos de amor dos três. Mas Cristo apropriou várias outras famílias: os discípulos em geral; os apóstolos, diretos e indiretos, como Paulo; a emergente Igreja; todos os que seguem o seu mandamento, isto é, todos os que amam. No entanto, de um certo ponto de vista, Cristo teve e tem apenas uma família: a comunidade que pratica a misericórdia.

 

Papa lembra que tragédias não são castigo divino e pede repartição de esforços no apoio aos refugiados

Papa lembra que tragédias não são castigo divino e pede repartição de esforços no apoio aos refugiados

Jesus conhece a mentalidade supersticiosa dos seus ouvintes e sabe que interpretam aquele género de acontecimentos de maneira errada. Com efeito, pensavam que se aqueles homens tinham sido cruelmente mortos, seria sinal de que Deus os tinha castigado por alguma culpa grave que teriam cometido; como se dissesse: “mereciam-no”. Pelo contrário, o facto de se ter sido poupado à desgraça equivalia a sentir que tudo estava bem. Eles mereciam-no. Eu, pelo contrário, estou bem.

 

Henry James: Frases sem pressa – Evocação no centenário

Henry James: Frases sem pressa - Evocação no centenário

William James, famoso psicólogo e conhecido filósofo, não se cansava de sublinhar nas suas cartas ao irmão Henry um certo desapontamento pela dedicação absoluta deste último a um fazer artístico que lhe totalizava uma vida privada de afetos ou acontecimentos relevantes, à exceção de um contínuo vaguear pela Europa. Todavia, longe de constituir um entretenimento distraído e supérfluo, a literatura para Henry James representava um meio para dar voz ao que Aristóteles chamava «as questões últimas» ou que Flannery O’Connor definia «o mistério da nossa posição na Terra».


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais
Anúncios

28.2.2016

Dez perguntas para a Quaresma

Dez perguntas para a Quaresma

 

Há uma infância ateia, mas Deus bate sempre à porta

Há uma infância ateia, mas Deus bate sempre à porta

Outro dia perguntei a uma criança se me sabia citar uma parábola que no catecismo a tivesse particularmente tocado. Respondeu-me que não sabia o que era uma parábola, e quando lhe disse que é uma das narrativas ditas por Jesus, cortou-me o discurso: «Nós, na família, somos ateus». Disse precisamente assim, ateus, e a seguir pusemo-nos a falar, desconsoladamente, de futebol. Soube depois que a criança não tinha sido sequer batizada. Era, é, uma das crianças sem Deus do nosso país.

 

O triplo filtro de Sócrates

O triplo filtro de Sócrates

Tão bem nos faria a todos cuidar mais da nossa língua e não falar mais do que a conta. E seria muito bom, o que nem sempre é fácil de fazer, comentar mais as coisas boas dos outros e felicitá-los por isso.

 

Agenda para hoje

Agenda para hoje


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

27.2.2016

Igreja católica em diálogo: «Não interessa se é de direita ou de esquerda»

Igreja católica em diálogo: «Não interessa se é de direita ou de esquerda»

Em entrevista publicada na página do jornal “Expresso”, o arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, sublinha que o evento «significa um novo modo de a Igreja acompanhar os problemas do momento. O projeto de Cristo é um projeto humanista, o que significa que tudo o que diz respeito à vida do homem interessa à Igreja».

 

Para Deus conta mais o fruto possível de amanhã do que a minha inutilidade de hoje: Meditação sobre o Evangelho de domingo

Para Deus conta mais o fruto possível de amanhã do que a minha inutilidade de hoje: Meditação sobre o Evangelho de domingo

Que culpa têm aqueles dezoito mortos pela torre de Siloé? E os três mil das Torres Gémeas? E os sírios, as vítimas e os doentes, serão talvez mais pecadores do que outros? A resposta de Jesus é clara: deixai de imaginar a existência como uma sala de tribunal. Não há relação alguma entre culpa e desgraça, entre pecado e doença. A mão de Deus não semeia morte, não desperdiça o seu poder em castigos.

 

Teste: Conhece bem a Bíblia? Profetas (2)

Teste: Conhece bem a Bíblia? Profetas (2)

«Livro profético da época de Neemias; nele o profeta mostra-se preocupado pelo mau culto praticado no Templo; este livro marca frequentemente o limite entre o Antigo e o Novo Testamento»; «Profeta contemporâneo do rei Josias; o seu livro permite descobrir a vida na Judeia de 640 a 630 a.C.»: estas são as duas primeiras perguntas do nosso segundo teste sobre os profetas na Bíblia. Quantas consegue acertar à primeira, sem auxiliares de memória?

 

Cinema: “Zootrópolis” | VÍDEO |

Cinema: “Zootrópolis”

No filme, seguramente para um público também de crianças, há uma forte subtrama. Uma reflexão sobre o mundo humano, ainda demasiado violento e hierárquico, em que é vigente a divisão entre predadores e presas. Judy faz parte da minoria e só com a sua força de vontade conseguirá ser o que deseja.

 

Agenda para hoje

Agenda para hoje


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

26.2.2016

Átrio dos Gentios volta-se para a “luz” e abre-se à astronomia, ciências, arte, filosofia e teologia

Átrio dos Gentios volta-se para a

Além da Física, a luz está ligada à «criação dos inícios, mas também à conclusão da história, à vastidão do universo, no espaço e no tempo, à grandeza da alma humana e da sua razão, ao esplendor da forma e, com a sua ausência, à obscuridade do coração do homem e ao próprio mistério do mal».

 

Leitura: “Palavras em redor do poço – Conversas sobre a fé”

Leitura:

«Verifica-se o estranho fenómeno de um texto como a Bíblia, nascido popular (ou melhor, como coleção de textos populares) e vital se tornar, em vez disso, um texto do qual corremos o risco de ser expropriados por razões opostas: por excesso de estudo ou por ausência de estudo e excesso de peso dos fantasmas de uma história.»

 

O pobre que pede ajuda é Deus a bater à porta do coração

O pobre que pede ajuda é Deus a bater à porta do coração

O homem rico «conhecia os mandamentos», possuía «uma certa religiosidade», mas estava «fechado no seu pequeno mundo, o mundo dos banquetes, das roupas, da vaidade, dos amigos, um homem fechado numa bolha». «Mesmo a periferia, que estava junto à porta da sua casa, não a conhecia.»

 

Os migrantes e nós: a experiência de Taizé

Os migrantes e nós: a experiência de Taizé

Hoje são os sírios a afluir à Europa, amanhã serão outros povos. Os grandes fluxos migratórios a que assistimos são inelutáveis. Não se dar conta disso é pura miopia. Procurar o modo de regulamentar esses fluxos é legítimo e até necessário, mas querer impedi-los erguendo muros e arame farpado é absolutamente vão.

 

Festival de Órgão de Braga une música, espiritualidade e património

Festival de Órgão de Braga une música, espiritualidade e património

Na sessão de apresentação da iniciativa, que decorreu esta quarta-feira, o deão da sé destacou que a cidade «pode orgulhar-se de ter a maior coleção de órgãos de tubos ibéricos do mundo, um património inestimável que importa valorizar». Conheça o programa.

 

“Desporto, ética e transcendência”: Novo livro reflete sobre superação, sacralidades, mitos e simbólica

«O moderno campo desportivo foi sempre portador de alguns dos principais valores das sociedades. No século XIX, conheceu-se uma particular aliança entre desporto e moral: a performance desportiva foi pensada como uma via de musculação moral do indivíduo. Alguns desportos continuam, hoje, a ser um importante suporte simbólico da experiência coletiva – quando outros suportes conhecem uma ampla erosão.»

 

“Carta aos Artistas” convenceu atriz e cantora Inês Herédia de que é possível conciliar fé e arte

«Andei numa luta muito grande entre arte e fé – “eu estou a dar o peso errado a isto, eu estou a dar o peso errado àquilo” -, estava sempre a balancear e depois apercebi-me de que os dois podem ser a mesma coisa. Foi um crescimento enorme em termos espirituais.»

 

Concurso internacional de arquitetura sagrada atribui prémio de 30 mil euros

Concurso internacional de arquitetura sagrada atribui prémio de 30 mil euros

A fundação italiana Frate Sole abriu as inscrições para a sexta edição do Prémio Internacional de Arquitetura Sagrada, dirigido a quem tenha realizado o projeto de uma igreja no decurso da última década, a partir de 4 de outubro de 2006, no âmbito das confissões cristãs.

 

Agenda para hoje

Agenda para hoje


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

25.2.2016

“Querido papa Francisco”: Pontífice responde a cartas de crianças, e uma delas é portuguesa | VÍDEO + IMAGENS |

“Querido papa Francisco”: Pontífice responde a cartas de crianças, e uma delas é portuguesa

«O que fazia Deus antes de fazer o mundo? O que é feito dos nossos entes queridos após a morte? Temos realmente todos, mesmo os maus, um anjo da guarda? Qual foi a coisa mais difícil que o papa teve de fazer na sua missão e que coisa faria se pudesse realizar um milagre? A estas e outras perguntas (…) o papa Francisco responde com palavras simples e extraordinariamente íntimas, como um pai extremoso, acolhendo e confiando aos mais pequenos a sua reflexão sobre a vida e sobre a fé», adianta o texto de apresentação.

 

Música: Concerto na Capela Imaculada | VÍDEOS |

Música: Concerto na Capela Imaculada

Foi proporcionado a quem assistiu um espectáculo de altíssima qualidade artística. Pessoalmente, fiquei espantado com o nível que tão jovens cantores conseguiram atingir: uma limpidez vocal admirável, um equilíbrio perfeito dos naipes, uma expressividade interpretativa de grande maturidade, uma afinação irrepreensível, tanto mais de admirar quanto as harmonias de alguns dos cânticos , como os de Benjamin Britten, de William Dawson, de Lopes Graça ou de Eurico Carrapatoso soam aos nossos ouvidos como dissonantes.

 

Leitura: “O rosto da misericórdia”

Leitura:

Li em algum sítio (mas não me lembro onde) esta afirmação: «Muitos sermões sobre o amor andam à volta do mistério, em vez de entrarem nele.» Creio que se deve dizer o mesmo sobre a misericórdia, que não é outra coisa senão uma forma especial de dizer amor. Também o livro que decidi escrever não pode senão pertencer à primeira categoria, a dos sermões que se desenvolvem à volta do mistério. Para entrar dentro dele devemos ser atraídos. Pode bater-se à sua porta, mas esta não se abre senão por dentro.

 

Universidade Católica e Embaixada de Israel debatem “Nostra aetate”, sobre a Igreja e as religiões não-cristãs

Universidade Católica e Embaixada de Israel debatem “Nostra aetate”, sobre a Igreja e as religiões não-cristãs

«A Igreja de Cristo reconhece que os primórdios da sua fé e eleição já se encontram, segundo o mistério divino da salvação, nos patriarcas, em Moisés e nos profetas. Professa que todos os cristãos, filhos de Abraão segundo a fé, estão incluídos na vocação deste patriarca e que a salvação da Igreja foi misticamente prefigurada no êxodo do povo escolhido da terra da escravidão», refere a declaração.

 

Profeta Isaías denunciou injustiças sociais mas «não era comunista», recorda papa Francisco

Profeta Isaías denunciou injustiças sociais mas «não era comunista», recorda papa Francisco

«As riquezas e o poder são realidades que podem ser boas e úteis ao bem comum, se colocadas ao serviço dos pobres e de todos, com justiça e caridade. Mas quando, como demasiadas vezes acontece, são vividas como privilégio, com egoísmo e prepotência, transformam-se em instrumentos de corrupção e morte», apontou Francisco, que criticou o «exercício de uma autoridade sem respeito pela vida, sem justiça, sem misericórdia», quando o poder se torna «cupidez que quer possuir tudo».


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

24.2.2016

Leitura: “A felicidade treina-se em cada dia – Novas homilias em Santa Marta”

Leitura:

«Jesus acolhe. Porém, não só acolhe, também vai ter com as pessoas, como foi ter com este. E se as pessoas estão feridas, o que faz Jesus? Censura-as por estarem feridas? Não, vem e carrega-as às costas. Ora, isto chama-se misericórdia. E quando Deus censura o seu povo – “Misericórdia quero e não sacrifícios!” –, está a falar disto mesmo.»

 

O julgamento de Jesus ontem e hoje: Quando matar «um profeta» é cumprir Deus

O julgamento de Jesus ontem e hoje: Quando matar «um profeta» é cumprir Deus

«O Julgamento de Jesus é provavelmente o episódio jurídico com maiores consequências na evolução da civilização ocidental. Tem um impacto profundo no conceito de Justiça, e as suas repercussões sentem-se quer se seja crente ou não-crente. Daí que seja estranha a ausência, na vasta literatura sobre o assunto, de uma Teologia do Julgamento.»

 

Pelo fim da pena capital: A vida é o mais importante

Pelo fim da pena capital: A vida é o mais importante

Um dos resultados da abolição da pena capital é o de dirigir a todos uma poderosa mensagem: acrescentar violência à violência – mesmo que institucionalizada – não só não resolve, mas sobretudo envenena o ambiente geral, gera sentimentos destruidores entre as pessoas, aprisiona numa forma de “retribuição” feroz.

 

“Autocarro da Misericórdia”: A Igreja ao encontro das pessoas

«Nós dizemos: “Se tem algum peso, venha ao autocarro e liberte-se dele. Se neste momento está a passar por alguma situação difícil – discussões familiares, problemas financeiros, uma relação em rotura -, entre no autocarro e experimente a misericórdia de Deus.» «Estamos a tentar religar as pessoas à fé e oferecer um espaço de acolhimento para elas, e aceitação, e um espaço onde elas vão encontrar a misericórdia de Deus de forma tangível nas suas vidas.»

 

Bíblia inspira tema da Semana Cultural da Universidade de Coimbra

Bíblia inspira tema da Semana Cultural da Universidade de Coimbra

“O Livro. No princípio, era o conhecimento” constitui o tema da 18.ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra, que começa terça-feira e se prolonga até 1 de maio, com mais de 90 eventos multidisciplinares sobre livros, ciência, música, dança, teatro e cinema, entre outras áreas das artes e do saber. A propósito do tema será exposto «um documento histórico original e único: a Bíblia – o Livro dos livros – de  Abravanel (tesouro do séc. XV)».


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

23.2.2016

Obras de “bispo pintor” reunidas no livro “Imagens da fé”

Obras de

Trata-se de imagens que «condensam a catequese» e ajudam «a ver os mistérios não apenas como ideias e conceitos mas como acontecimentos salvíficos, poderão ser instrumentos que Deus use para chegar ao coração e à vida de muitas pessoas», refere D. João Marcos, formado em Pintura pela Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa.

 

Leitura: “Igrejas do século XX – Arquiteturas na região de Lisboa”

Leitura:

«A arquitetura religiosa moderna realizada na área do Patriarcado de Lisboa interessou qualificados arquitetos portugueses – nomeadamente, entre vários, Pardal Monteiro, Nuno Teotónio Pereira, Nuno Portas, Pedro Vieira de Almeida, Jorge Viana ou João de Almeida», que evoluíram «numa procura de qualificação e de diversificação».

 

Leonor Teles, vencedora do Urso de Ouro em Berlim, já foi distinguida pela Igreja católica

Leonor Teles, vencedora do Urso de Ouro em Berlim, já foi distinguida pela Igreja católica

A cinematografia de Leonor Teles, que no sábado ganhou o mais importante prémio, na categoria de curtas-metragens, do Festival de Berlim, pelo documentário “Balada de um batráquio”, foi distinguida há quase três anos pela Igreja católica. Estávamos em abril de 2013, eram os últimos dias do IndieLisboa, festival internacional de cinema independente.

 

Umberto Eco: Curiosidade marcou vida que nunca esqueceu experiência religiosa

Umberto Eco: Curiosidade marcou vida que nunca esqueceu experiência religiosa

A «experiência religiosa juvenil» de Umberto Eco foi «uma matriz que nunca quis esquecer, não obstante o seu espírito profundamente laico; havia nele o desejo de ver como se poderia viver a experiência de fé sem renunciar a toda a curiosidade cultural. Sempre com grande respeito pelos temas teológicos e de espiritualidade».

 

Valter Hugo Mãe e a Lapinha madeirense: «Uma generosa capacidade para propor a alegria»

Valter Hugo Mãe e a Lapinha madeirense: «Uma generosa capacidade para propor a alegria»

«Mesmo para cá das convicções religiosas ou espirituais, a imagem do menino Jesus da Lapinha madeirense é a da pura ternura. O menino encara-nos a bendizer o mundo, a bendizer-nos, que somos submetidos à simples manifestação do seu amor.»


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais