15.2.2016

Papa elogia multiculturalismo, cita Nobel da Literatura e pede santuários de vidas refeitas | IMAGENS |

Papa elogia multiculturalismo, cita Nobel da Literatura e pede santuários de vidas refeitas

«O que encanta e atrai, aquilo que dobra e vence, o que abre e desencadeia não é a força dos instrumentos ou a dureza da lei, mas a debilidade omnipotente do amor divino, que é a força irresistível da sua doçura e a promessa irreversível da sua misericórdia», acentuou Francisco. Falar de Deus à sociedade contemporânea exige uma Igreja «que saiba proteger o rosto dos homens que vão bater à sua porta»: «Se não decifrarmos os seus sofrimentos, se não nos dermos conta das suas necessidades, nada poderemos oferecer-lhes. A riqueza que temos flui apenas quando encontramos o pouco daqueles que mendigam».

 

Agenda para hoje

Agenda para hoje


Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais
Anúncios