31.10.2015

Ciclo “Espírito da Arte / Arte do Espírito” junta Eduardo Lourenço e Tolentino Mendonça

Ciclo

O Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura (SNPC) e a Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva, em Lisboa, vão organizar um ciclo de debates, de entrada livre e gratuita, dedicado ao tema “Espírito da Arte / Arte do Espírito”. A primeira sessão vai juntar o pensador Eduardo Lourenço e o P. José Tolentino Mendonça, numa conversa moderada por José Carlos Seabra Pereira, reunindo na mesma mesa o anterior e atual diretor do SNPC.

 

 

Leitura: “Cantar a vida! – Homilias de um bispo de todos e para todos”

Leitura:

No prefácio, D. Gilberto Reis acentua que as homilias revelam «um bispo, semeador incansável da Palavra de Deus, em todas as situações e lugares, e de o fazer em ligação forte com a vida, denunciando e abrindo caminhos de esperança, mesmo contra a corrente e sem medo. Um bispo que com a sua vida dá autoridade àquilo que diz e que, assim ele mesmo se torna palavra viva». Leia um excerto.

 

Deus perdoa como Pai, e não como um tribunal, diz papa, que pede orações pelo diálogo e é homenageado por reclusas | VÍDEO |

Deus perdoa como Pai, e não como um tribunal, diz papa, que pede orações pelo diálogo e é homenageado por reclusas

A compaixão de Deus diferencia-se da piedade – «não tem nada a ver uma coisa com a outra» -, declarou o papa, que distinguiu a atitude de quem tem «piedade de um cão que está morrer» da compaixão de Deus: «É meter-se no problema, meter-se na situação do outro, com o coração de Pai». Também hoje, o Vaticano divulgou a intenção geral do Apostolado da Oração do papa para o mês de novembro: «Para que nos abramos ao encontro pessoal e ao diálogo com todos, também com quem pensa diferente de nós».

 

Pavilhão da Santa Sé na exposição universal de Milão recolheu 150 mil euros para obras de caridade do papa

Pavilhão da Santa Sé na exposição universal de Milão recolheu 150 mil euros para obras de caridade do papa

A presença da Santa Sé na iniciativa que decorreu desde 1 de maio foi salientar a importância do pão enquanto «um dos grandes símbolos do alimento universal», em particular no que se refere «à fome no mundo». O objetivo secundário consistiu em evocar a frase bíblica, atribuída a Jesus, «não só de pão», «recordando a dimensão mais espiritual e cultural que o alimento comporta», observou o presidente do Conselho Pontifício da Cultura.

 

Agenda para hoje

Agenda para hoje


 

Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais
Anúncios