É novo » 17.6.2015

Novas igrejas de todos os tempos: Iconografia pascal na igreja de Herz Jesu – Via-sacra (2/3) | IMAGENS |
A primeira surpresa resulta da utilização de uma expressão artística ainda pouco acolhida pela Igreja, apesar das inúmeras imagens verdadeiramente litúrgicas que esta arte já produziu na sua curta, mas riquíssima história. A segunda admiração surge quando constatamos a ausência, nestas estações, do rosto sofredor de Cristo, encontrando no seu lugar outros rostos, os dos homens e das mulheres pelos quais morreu. É o nosso rosto ali também?

Porque somos tão medrosos?
O cristianismo encontra-se hoje no meio de uma «forte tempestade» e o medo começa a apoderar-se de nós. Não nos atrevemos a passar para a «outra margem». A cultura contemporânea aparece-nos como um país estranho e hostil. O futuro dá-nos medo. A criatividade parece proibida. Alguns acreditam que é mais seguro olhar para trás para melhor ir em frente.

Universidade Católica recebe Jornadas de Estudos Coptas e do Oriente Cristão
A Universidade Católica (UCP) recebe, de 18 a 20 de junho, em Lisboa, as Jornadas de Estudos Coptas e do Oriente Cristão, que se concluem com a celebração da missa em rito moçárabe, na sé patriarcal. Os organizadores estão convictos de que «hoje, mais que nunca, o regresso às “Fontes”» contribui para «valorizar a dimensão estética e contemplativa da herança» que «aproxima das origens», permitindo «revisitar e valorizar» a identidade cristã.

“Escutar a cidade” ouve «linguagens, espiritualidades, sexualidades e convicções» de não-crentes
«Linguagens, espiritualidades, sexualidades e convicções» são os temas escolhidos para a última sessão do ciclo “Escutar a Cidade”, que mais de três dezenas de grupos e instituições católicas têm promovido mensalmente desde janeiro, com o objetivo de contribuir para a reflexão preparatória do Sínodo do patriarcado de Lisboa. Conheça os intervenientes.

Pobreza cristã não é «ideologia», mas coração do Evangelho
Se se elimina a pobreza do Evangelho não se pode compreender a mensagem de Jesus, afirmou o papa na missa a que presidiu hoje, no Vaticano, numa homilia em que sublinhou a injustiça de classificar de «comunistas» os padres ou bispos que falam dos pobres. «A pobreza está precisamente no centro do Evangelho. Se tirássemos a pobreza do Evangelho, não se perceberia nada da mensagem de Jesus», vincou.

Reduções jesuíticas na América do Sul: O «triunfo da Humanidade»
Ao longo da décadas, constitui-se uma rede integrada de Povos, em bases igualitárias, regulados pela virtude da temperança, sem uso de dinheiro, mas com significativo progresso material e espiritual, erguidos a partir da confluência de ideais evangélicos e de traços sócio-culturais indígenas fortemente arraigados. Não se tratou de uma inspiração em utopias do Renascimento, como as de Thomas Morus ou Campanella, mas de um avisado pragmatismo, sem desembocar em contexto relativista quanto ao essencial dos princípios cristãos.

Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

Anúncios