É novo » 31.3.2015

Novas igrejas de todos os tempos: Desertos de betão | IMAGENS |
Talvez no tempo da Quaresma possamos ver nesta igreja um sentido renovado. Num período em que procuramos a simplicidade no quotidiano pessoal e uma reflexão acerca do essencial, esta igreja parece mostrar-nos uma faceta de deserto quaresmal para onde nos podemos retirar do bulício da cidade, onde podemos procurar profundidade no silêncio. Talvez seja uma experiência arquitetónica ainda hoje radical.

Leitura: “Pensamentos” de Santa Teresa de Jesus
Com o coração iluminado pela Beleza que fere, mas que fortalece e guia na superação de outras feridas, arrastadas das circunstâncias, e enfrentando o pesadume que, desde Simone Weil, o nosso tempo entendeu melhor em duelo ou em dueto com a Graça, a alma profunda e clara deixa passar suas lições, suas virtudes e suas mercês, como o cristal que Santa Teresa mais de uma vez chama à função de símile. Então, com María Zambrano compreendemos por que razão a poesia de Santa Teresa quer liminarmente cantar o «Vivo já fora de mim», mais além de si mesma, disposta para o voo em direção Ao que a chama para ser conhecido e mais amado – “y tan alta vida espero”…

A vida como culto, como cultura e como cultivo
Vivemos vidas que não são nossas; respondemos a perguntas que ninguém fez; queixamo-nos de doenças de que não padecemos; aspiramos a ideais alheios e sonhamos os sonhos dos outros. Não há exagero, é mesmo assim: quase todos os nossos projetos de felicidade são quiméricos. As ideias que afirmamos acariciar não são nossas; as nossas aspirações são as dos nossos pais e até nos apaixonamos por pessoas de quem, na verdade, não gostamos. O que nos terá acontecido para sucumbirmos diante desta impostura?

Vemos, ouvimos e lemos. Não podemos ignorar
Vemos, ouvimos e lemos que em Lahore, no Paquistão, foram mortas 14 pessoas em duas Igrejas Cristãs: Católica e Comunhão Anglicana. Vemos, ouvimos e lemos que a madre superiora de uma congregação, na Índia, foi violada durante um assalto ao convento onde residia. Vemos, ouvimos e lemos notícias sobre refugiados cristãos assírios, caldeus e sírios no Líbano. Vemos, ouvimos e lemos o grito do Patriarca de Antioquia, Ignatius Joseph III Younan, após o sequestro, por parte do Estado Islâmico, na Síria, de 150 cristãos: «Eles não respeitam a vida humana».

O que tem de santa a Semana Santa?
Mais uma vez é Semana Santa. O que ela tem de santa? Nada de santa se a nossa vida não se aproximar da vida do Santo Filho de Deus, que morreu e ressuscitou possibilitando a todos saírem dos seus túmulos existenciais. Nada de santa se a nossa vida não melhorar. Para algumas pessoas ela será só uma semana como as outras do quotidiano, sem um significado especial, ou será uma semana com feriado prolongado. Mas, quem desejar, perceberá o significado desta semana e procurará viver a mística que dela emana.

Agenda para hoje

Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais
Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura | Secretariado Nacional dos Bens Culturais | Secretariado Nacional das Comunicações Sociais

Anúncios