É novo » 13.12.2014

Henrique Leitão, Prémio Pessoa 2014 – Resenha de artigos publicados na página da Pastoral da Cultura
Sobre os atuais debates em torno do Evolucionismo
Livro do jesuíta Manuel Dias (séc. XVII) «é um episódio central da ciência portuguesa, no que ela produziu de disseminação do conhecimento no mundo»
Jesuítas e investigação científica em Portugal: factos e enganos
Pedro Nunes foi «o maior cientista que houve em Portugal»

Papa Francisco foi ordenado padre há 45 anos
A 13 de dezembro de 1969, quatro dias antes de completar 33 anos, o jesuíta Jorge Mario Bergoglio recebeu o segundo grau do sacramento da Ordem das mãos do então arcebispo emérito de Córdoba, Argentina, D. Ramón José Castellano. Aquele dia 13 de dezembro ocorreu a um sábado, véspera do terceiro domingo do Advento, que na liturgia é conhecido como “Domingo da Alegria”, palavra presente na primeira exortação apostólica de Francisco, “O Evangelho da alegria”.

O presépio do mosteiro
Mas porque está tão pesada a caixa… com uma figura tão pequena? Lembrou-se de que aquele menino pequeno a tinha carregado tantas vezes ao colo, aos ombros, e de tantas outras maneiras, que certamente esse peso tinha passado para a figura frágil daquele menino de barro… e sorriu baixinho. E lembrou-se igualmente de que aquele menino não tinha carregado somente o peso da sua vida, da sua alma, das suas desventuras, mas também o das outras irmãs… de todas as do mosteiro que faziam comunidade com ela… e de todas as que já tinham passado por lá… e de todas as que um dia lhe tinham entregue a sua vida e o desejo de se consagrarem a Ele… e de repente, a caixa com o menino Jesus ficou mais leve, e o coração também.

Twitter do papa assinala segundo ano com 17 milhões de seguidores
Em 76 dias (12 de dezembro de 2012 a 28 de fevereiro de 2013, data de início da Sede Vacante), Bento XVI reuniu três milhões de seguidores; depois, de 17 de março de 2013 até hoje, 21 meses de pontificado de Francisco, seguiram-se 14 milhões de subscritores.

Deus connosco
Deus connosco, a inteira humanidade surpreendes/ porque não existes na omnipotência do tirano,/ mas na promessa de um nascimento que vem./ Acompanha-nos no nosso caminho para o amor,/
e assim tua presença no outro perceberemos.

Agenda para hoje

Anúncios