Papa Francisco e a pobreza: «Demasiadas palavras, mas não se faz nada. É um risco»

O papa Francisco recebeu hoje, no Vaticano, milhares de membros de Misericórdias de Itália e dadores de sangue, tendo afirmado que há excesso de debates sobre quem passa por dificuldades, em detrimento de medidas que erradiquem esses casos. «”Que barbárie, padre, que barbárie, que barbárie”. “Mas que fazes tu por essa barbárie?”. Nada, falo. E isto não resolve nada. Palavras, já ouvimos muitas. O que importa é agir», apontou. Continuar a ler…

Anúncios