Papa Francisco nomeia cardeais do Canadá e Alemanha para Pontifício Conselho da Cultura

O papa Francisco agregou ao Pontifício Conselho da Cultura dois novos cardeais, pertencentes ao grupo dos que foram criados no último Consistório, realizado a 22 de fevereiro, no Vaticano, anunciou esta quinta-feira a Sala de Imprensa da Santa Sé. Um dos novos membros está entre os cardeais mais jovens da Igreja, Gérald Cyprien Lacroix, de 56 anos, primaz do Canadá, considerado no site do Vaticano como inclinado para as tecnologias digitais, «que utiliza assiduamente no seu ministério pastoral». Arcebispo metropolita do Québec, Lacroix «é também «muito ativo nas redes sociais: tem há mais de seis anos uma página pessoal no Facebook e há três abriu uma conta no Twitter», lê-se na biografia. Francisco nomeou também para o Pontifício Conselho da Cultura o cardeal alemão Gerhard Ludwig Müller, que dirige a Congregação para a Doutrina da Fé, bem como a Pontifícia Comissão “Ecclesia Dei”, a Pontifícia Comissão Bíblica e a Comissão Teológica Internacional. Com 66 anos, o acebispo-bispo emérito de Ratisbona, doutorou-se em Teologia no ano de 1977. Conheça o percurso dos dois cardeais. Continuar a ler…

Anúncios