Prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes é um sinal da Igreja para a cultura e o diálogo

O bispo D. João Lavrador, membro da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, considera que o Prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes é um sinal que a Igreja lança para o que «deve ser o horizonte de todos aqueles que trabalham no domínio da cultura e do diálogo com o mundo». Não se trata, propriamente, de distinguir personalidades afetas ao credo católico; essencialmente, a Igreja reconhece, nos premiados, pessoas que estão de acordo com o humanismo que a Igreja vive, e que, ao mesmo tempo, pugnam por aquela realidade do ser humano, pela sua forma de estar em sociedade e pelos valores sociais que a Igreja quer ver implementados. O prelado sublinhou também os critérios que determinaram a atribuição do prémio a Francisco Sarsfield Cabral. Continuar a ler…

Anúncios