Igreja dá Prémio Árvore da Vida ao jornalista Francisco Sarsfield Cabral

O Prémio Árvore da Vida – Padre Manuel Antunes, instituído pela Igreja católica para distinguir um percurso ou obra que refletem o Humanismo e a experiência cristã, foi atribuído na sua 10.ª edição ao jornalista Francisco Sarsfield Cabral. O júri, que deliberou por unanimidade, considera que as quatro décadas e meia que Sarsfield Cabral tem dedicado ao jornalismo «atestam-no como uma das vozes mais competentes da Comunicação Social Portuguesa», sublinha a ata de atribuição do prémio. Francisco Sarsfield Cabral, que a 6 de maio completou 75 anos, «nunca reflete o mundo a preto e branco, e o jornalismo que pratica não se deixa capturar pelo imediatismo das reações ou pelo ruído dos chamados soundbites», referem os jurados. Na imprensa escrita, na televisão e na rádio, Sarsfield Cabral é «uma voz que se destaca pela sua independência» e «conhecimento das matérias», bem como «por uma cordial sabedoria», elemento «não menos importante» nos tempos atuais, assinala a ata. Continuar a ler…

Anúncios