Teatro, iconografia, fado e fotografia nas iniciativas do Instituto Universitário Justiça e Paz

A 19 de maio, prosseguem as sessões organizadas pelo “Tear – Tecer a Espiritualidade com a Arte e a Reflexão”, cada qual tecida em torno de uma expressão artística (cinema, arquitetura, música, dança, teatro, pintura e literatura). O próximo encontro, dedicado ao teatro, centra-se na figura de Gil Vicente, que «em algumas peças, sobretudo naquelas onde o caráter religioso é mais intenso», criou «tensões e dilemas que mantêm ainda bastante atualidade». «Para além de uma moral aplicável ao seu próprio tempo, a obra vicentina continua a oferecer-nos vastos motivos de reflexão sobre temas tão atuais como “virtude e pecado”, “loucura e clarividência”, “vida e morte”, “vida eterna e perdição”», sublinha o texto de apresentação da conferência. O orador, José Bernardes, «demonstrará, com ilustração por meio de leitura de excertos por dois atores, a atualidade da obra de Mestre Gil». Continuar a ler…

Anúncios