Páscoa, semente de luz e fogo no coração do mundo

O Ressuscitado recomeça os encontros com o seu estilo único: o seu primeiro olhar nunca se detém no pecado de uma pessoa, o seu primeiro olhar detém-se sempre no seu sofrimento. Inconfundível: é o Senhor! Maria queria prendê-lo e não deixá-lo partir. Mas Jesus diz-lhe: «Não me detenhas, pois ainda não subi para o Pai». Deste jardim para o cosmo inteiro, desta tuas lágrimas para todas as lágrimas do mundo. Não me detenhas, estou em viagem para além das palavras, para além das ideias, para além das formas e dos ritos, para além das igrejas. Para além da morte. Começa a imensa migração dos seres humanos para a vida. Mesmo se Cristo parece distante da casa do mundo, Ele está no quarto mais íntimo do mundo, nos infernos da história, nas profundidades da matéria e da pessoa. E aqueles que querem novos céus e uma nova terra, sabem que a Páscoa amadurece a partir de agora como uma semente de luz na Terra, como uma semente de fogo na história. Continuar a ler…

Anúncios