É novo » 2.3.2014

Igreja devia revelar mais de Deus e falar menos de estruturas, poder e conceitos
Hoje reparo que há um desejo enorme de Deus. Muitos cristãos têm pena de ter, sempre e só, de falar de problemas que têm a ver com a estrutura e o poder da Igreja. Eles querem aquele que lhes preenche o desejo mais profundo. S. Bento põe bem alto o primado de Deus. Para ele trata-se de Deus acima de tudo. Monge é aquele que procura Deus verdadeiramente. Os muitos hóspedes que vêm ao nosso mosteiro querem participar na procura de Deus. Não é suficiente para ele ouvir uma teologia saudável. Eles querem experimentar Deus. Anseiam por misticismo na experiência de Deus. Não seríamos justos com as pessoas se só as brindássemos com teologia moderna. Elas não querem ouvir doutrinas e opiniões, mas sentir experiências. Querem participar na experiência divina de outros. A Igreja perdeu competência espiritual. Ela já não é para muitos o local onde se procura Deus, onde se pode experimentar Deus.

O Evangelho das imagens | IMAGENS |
«Olhai para as aves do céu: não semeiam nem ceifam nem recolhem em celeiros; o vosso Pai celeste as sustenta. Não valeis vós muito mais do que elas? Quem de entre vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à sua estatura?»

Descobertos nove novos rolos de Qumran
Permaneceram nas grutas do deserto durante séculos. E depois ficaram escondidos por mais sessenta anos dentro daqueles que tinham sido catalogados apenas como “tefillin”, os filactérios que os judeus observantes usam para a oração. É assim que se explica a importante descoberta de nove novos rolos de Qumran, a localidade à beira do Mar Morto, em Israel, que nos meados do século XX foi cenário da descoberta de centenas de fragmentos de textos da Torah (Pentateuco, cinco primeiros livros da Bíblia) e da literatura judaica de há dois mil anos. Os rolos encontrados em Qumran conservaram-se durante séculos graças ao microclima de um complexo de grutas do deserto, habitadas por uma comunidade – essénios – sobre a qual existem várias teorias, e que se tornaram um ponto de referência fundamental nos estudos das ciências bíblicas.

Agenda para hoje

Mafra
Música: Concerto a seis órgãos
Basílica
Para saber mais: Pastoral da Cultura

Fátima
Lançamento da obra “Para a história das ordens e congregações religiosas em Portugal, na Europa e no mundo
Autores: Atas do congresso internacional realizado em 2010 (2 vols.)
Apresentação: José Eduardo Franco, Luís Machado de Abreu, Manuel Joaquim Gomes Barbosa
Auditório do Centro Pastoral Paulo VI
14h45
Entrada gratuita

Lisboa
Visita guiada: Tetos pintados da igreja de S. Roque
15h00
Participação gratuita mediante marcação prévia pelos telefs. 213 235 233 / 824 / 065 / 444

Anúncios