É novo » 12.2.2014

Ágape (a grande aurora)
É o agape que doa ao amor humano aquela dimensão de gratuidade que não é garantida pela philia, e muito menos pelo eros; e que, abrindo-as, cumpre (assim) todas as virtudes, que na sua ausência não passam de subtil egoísmo. A forma de amor do ágape é também uma grande força de ação e de mudança económica e civil. Todas as vezes que uma pessoa age para o bem, e encontra na ação mesma e dentro de si recursos para andar para diante mesmo sem reciprocidade, entra em ação o ágape. O ágape é o amor típico dos fundadores, os iniciadores de um movimento, de uma cooperativa, que não podem contar com a reciprocidade dos outros, e cuja ação exige fortaleza e perseverança em longos períodos de solidão. O ágape não condiciona a escolha de amar à resposta do outro mas, quando tal resposta falta, sofre porque o ágape é pleno na reciprocidade («dou-vos um mandamento novo: amai-vos!»); mas não fica incomodado a ponto de interromper o seu amor não amado.

Paulus lança itinerário bíblico sobre Jesus assinado pelo presidente do Pontifício Conselho da Cultura
O presidente do Pontifício Conselho da Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, é o autor dos nove livros que compõem a coleção “O mestre e o discípulo”, que a Paulus Editora lança em Portugal no mês de fevereiro. “Encontrar o Mestre – E vós, quem dizeis que Eu sou?”, “Segui-lo no caminho – Nunca ninguém falou como este homem”, “Procurar a verdade – João, o discípulo amado”, “Comprometer-se – Paulo, arrebatado por Cristo” e “Conhecer o próprio coração – Aprendei de mim” são os títulos dos cinco primeiros volumes. Os livros do biblista italiano, ao preço unitário de 4,00 €, continuam com “Viver no amor – Amai-vos uns aos outros”, “Gerar a vida – Homem e mulher os criou”, “Suportar o peso da dor – A ti clamo, ó Senhor” e “Alcançar a meta – Hoje estarás comigo no paraíso”. Conheça as restantes novidades da editora.

Leitura: “O matrimónio feliz”
O cônjuge ideal é aquele que em cada amanhecer alimenta o amor com um novo favo de mel; e que, antes de nascer o sol, se dirige ao jardim interior para cortar um cravo coberto de orvalho, e o oferece ao outro sem dizer palavra. O cônjuge ideal é aquele que sabe que o matrimónio é como um mar dilatado e que os dois são navegantes que todos os dias saem para o mar alto, à descoberta de novos mundos em águas desconhecidas. Um cônjuge que sabe que a realidade do outro não reside naquilo que ele revela, mas naquilo que não pode ser revelado.Um cônjuge que sabe e aceita que, para descobrir a verdade, são necessárias duas pessoas: uma para dizê-la e outra para escutá-la. Um cônjuge que sabe que, quando se voltam as costas ao sol (do outro cônjuge) só se veem sombras.

Bento XVI e Francisco: Respeito e afeto | IMAGENS + VÍDEOS |
«Vós sabeis que o dever do Conclave era dar um Bispo a Roma. Parece que os meus irmãos Cardeais tenham ido buscá-lo quase ao fim do mundo… Eis-me aqui! Agradeço-vos o acolhimento: a comunidade diocesana de Roma tem o seu Bispo. Obrigado! E, antes de mais nada, quero fazer uma oração pelo nosso Bispo emérito Bento XVI. Rezemos todos juntos por ele, para que o Senhor o abençoe e Nossa Senhora o guarde» (Primeira saudação do papa Francisco. Vaticano, 13.3.2013) «Nós tivemos um exemplo maravilhoso do modo como se realiza esta relação com Deus na própria consciência, um recente exemplo maravilhoso. O Papa Bento XVI deu-nos este grande exemplo quando o Senhor lhe fez compreender, na oração, qual era o passo que devia dar. E seguiu, com um profundo sentido de discernimento e coragem, a sua consciência, ou seja, a vontade de Deus que falava ao seu coração» (Papa Francisco, Vaticano, 30.6.2013). Um ano após o anúncio da renúncia de Bento XVI ao pontificado, que abriu caminho para a eleição de Francisco, recordamos imagens e vídeos que realçam o respeito e o afeto que une os dois papas.

O Evangelho das imagens | IMAGENS |
«Escutai-me e procurai compreender. Não há nada fora do homem que ao entrar nele o possa tornar impuro. O que sai do homem é que o torna impuro. Se alguém tem ouvidos para ouvir, oiça.»

 — Agenda para hoje —

Coimbra
Ciclo “Cinema e Espiritualidade
Para saber mais: Pastoral da Cultura

Braga
Conferência: Os efeitos da maçã – O mundo da afetividade
P. José Frazão, sj
Centro Académico de Braga
21h30

Anúncios