É novo » 27.8.2013

Leitura: “O desassossego do pensamento”
O viver humano, para ser humano, não se pode resumir só ao viver. Começar um prefácio com esta afirmação pode parecer estranho, mas a verdade é que ela traduz bem o exercício que o Paulo Caetano faz nas belas páginas que nos oferece nesta publicação. Mais do que um simples exercício de escrita, julgo que o que aqui podemos encontrar é verdadeiramente este exercício de humanização da vida, do mundo e da história. A um ritmo que acompanha os grandes acontecimentos da vida, o Paulo Caetano oferece-nos, como o próprio diz, «um espaço que pretende ser lugar de tranquilidade, de palavras cheias de luz, de amizade e de força».

Bispo de Lamego dedicou igreja da Imaculada Conceição | IMAGENS |
Este novo espaço litúrgico, localizado junto do aglomerado populacional da vila, é um espaço moderno, amplo, acolhedor e preparado com as mais modernas tecnologias para proporcionar as melhores condições de serviço litúrgico. Este é também um espaço arejado quer ao nível interior quer exterior. Um espaço bastante iluminado interiormente, com luz natural que nos faz sentir em simultâneo em comunhão com a terra e o céu. Um espaço que nos permite estar sempre em comunhão com o mundo exterior, sem deixar de nos projetar para o mais alto. Uma escultura de Cristo ressuscitado irá marcar significativamente a nova igreja, quer pelo seu tamanho, quer pelo seu significado, quer pela importância do seu autor – Mestre José Rodrigues, escultor de renome nacional e até internacional. É também da autoria do mesmo escultor a via-sacra que preenche a galeria lateral e nos convida a percorrer os caminhos do mistério pascal de Cristo.

Revista “Lusitania Sacra” analisa formação do clero e capacitação para desempenhar funções na sociedade
A mais recente edição da revista “Lusitania Sacra”, editada semestralmente pelo Centro de Estudos de História Religiosa da Universidade Católica Portuguesa, é dedicada ao tema “Formação de lideranças e modernidade”. O volume publica artigos cujos temas foram propostos numa jornada de estudo, realizada em fevereiro de 2012, centrada na formação do clero contemporâneo, «não só em termos da natureza dos estudos, mas também da tipologia possível da formação de lideranças, isto é, a capacitação para o desempenho de funções na sociedade», lê-se na apresentação da revista, enviada ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura. «A educação assumiu-se progressivamente como um terreno de disputa ideológica e de concorrência institucional, envolvendo as funções do Estado e as de outras instâncias no controlo dos espaços de aprendizagem e de transmissão de valores.»

Ser para os outros: uma prioridade realista e justa
Viver não é uma arte, mas uma escolha. A arte fica para os que sabem usar o estético de um modo especial e, esses, são os particularmente dotados, aqueles aos quais não deveria restar outra alternativa, se não a de porem os seus evidentes talentos a render. E será que esta não é uma responsabilidade de todos sem exceção – a de descobrirmos os nossos talentos (desde os mais simples aos mais raros e elaborados) e os rentabilizarmos ao serviço dos outros, da natureza e de nós próprios?

Anúncios