É novo » 22.6.2013

Jornada Nacional da Pastoral da Cultura: Jovens em Portugal, da frustração à crença
«Frustração» foi uma das palavras mais ouvidas durante as primeiras intervenções na 9.ª Jornada Nacional da Pastoral da Cultura, que decorre hoje em Fátima, a par de uma atitude de crença e esperança. Perante as mais de 120 pessoas presentes no encontro, Manuel Fúria frisou que «ser jovem é difícil e frustrante» e falou do «risco de Portugal começar a ser construído fora de Portugal» devido à emigração. «Ser jovem é dizer que viver não é inútil», salientou o cantautor, enquanto que João Rafael Brites vincou o seu propósito de vida: «Na medida em que depender de mim, vou lutar pelas causas e convicções em que acredito». Por seu lado o sociólogo José Machado Pais afirmou que as recentes manifestações dos jovens querem dizer uma «palavra denunciadora de um presente para esquecer e anunciadora de um futuro para conquistar».

Anúncios