É novo » 19.5.2013

«Beija a tua cruz ela há de florir»: o Pentecostes à luz do novo patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente
Contrariamente ao que se diga, todos somos insubstituíveis, e o que cada um não fizer, por fazer ficará, nesse modo e ocasião. Deixai-me pedir-vos, caríssimos crismandos: – Acolhei o que o Espírito vos pedir, no fundo da consciência e na interpelação da Igreja. Tem alguma razão o nosso povo, quando diz que “cada qual é para o que nasce”; mais razão há decerto para que o Espírito requeira de cada um de vós a coincidência da vida com uma vocação específica. Na vida laical ou na vida religiosa, no sacerdócio ou na missão, para cada um de vós o Espírito tem um segredo e um apelo. Escutai-O hoje, que para tal o recebereis de seguida. Aí encontrareis a felicidade, que só reside na vontade de Deus. Aí a encontrarão tantos outros, que esperam o vosso sim. O Espírito em vós, para a salvação do mundo. Nada menos do que isso e precisamente assim.

Musical “Wojtyla”, sobre João Paulo II, estreia no Coliseu do Porto e em Braga, regressando depois a Lisboa
O musical multimédia “Wojtyla”, homenagem ao beato João Paulo II (1920-2005), vai ser apresentado pela primeira vez no Coliseu do Porto, estreando-se depois em Braga e regressando para nova exibição em Lisboa, num total de 15 sessões. O espetáculo de Matilde Trocado intitulado com o apelido do papa polaco foi criado na paróquia de Cascais e teve a estreia absoluta há três anos, a 18 de maio de 2010, data do aniversário do nascimento de João Paulo II. A peça com cerca de 40 intervenientes em palco, entre atores e membros da banda, não pretende ser um relato histórico nem uma biografia mas a evocação de testemunhos de quem se cruzou com João Paulo II, «de vidas que mudaram» e que conheceram «o lado mais divertido» do papa, refere a sinopse do espetáculo.

Anúncios