É novo » 21.12.2012

Para haver Natal este natal
Para haver Natal este natal/ talvez seja preciso reaprendermos/ coisas tão simples!/ Que as mãos preocupadas/ com embrulhos/ esquecem outros gestos de amor./ Que os votos rotineiros que trocamos/ calam conversas que nos fariam melhor./ Que os símbolos apenas se amontoam/ e soltam uma música triste/ quando já não dizem/ aquela verdade profunda.

Anúncios