É novo » 31.10.2010

Enfrentar a verdade e abrir as portas à cura
Ao contrário de muitos de nós, Zaqueu sabia que tinha de mudar. Por isso, quando ouviu que Jesus ia passar pela cidade, abandonou toda a dignidade de homem conceituado e subiu a um sicómoro para se assegurar que veria este homem santo, que talvez lhe pudesse dizer como encontrar a alegria que faltava à sua vida. O resto é história. Jesus levantou a cabeça, olhou-o nos olhos e disse: “Deixa-me ficar hoje em tua casa”. Jesus ficou e a vida de Zaqueu mudou para sempre quando finalmente encontrou a alegria que há muito procurava.

É novo » 29.10.2010

Na Turquia, seguindo os passos de S. Paulo (1) | VÍDEO |
São Paulo não haveria de esquecer Icónio: foi nesta cidade da atual Turquia que encontrou refugio depois da expulsão de Antioquia da Pisídia, relata o livro bíblico dos Atos dos Apóstolos. A cidade é atualmente um importante lugar de peregrinação para os muçulmanos porque acolhe o túmulo do místico e poeta Mevlana, fundador da ordem dos “Dervishes Rodopiantes”.

Exposição: Arte Copta única na Península Ibérica | IMAGENS |
A coleção é composta por 100 peças, maioritariamente de caráter litúrgico, produzidas em metal, madeira, pergaminho, têxtil e pedra dura. Grande parte dos objetos inscreve-se no período do Renascimento Copta no Egipto, que compreende praticamente todo o século XX, nomeadamente a segunda metade.

Colóquio internacional estuda obra de Sophia de Mello Breyner | VÍDEOS |
O Centro Nacional de Cultura organiza a 27 e 28 de janeiro de 2011 um colóquio internacional dedicado a Sophia de Mello Breyner Andresen, que decorre na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa. Conheça os conferencistas e os temas das suas intervenções.

Apresentação editorial: “A ferida do outro”
A apresentação da obra de Luigino Bruni, docente de Economia Política na Universidade Bicocca de Milão, vai ser feita pelo autor, acompanhado por Alfredo Dinis e Jorge Líbano Monteiro.

Apresentação editorial: “À procura das raízes hebraicas da fé cristã”
A obra, assinada por Nicoletta Crosti, vai ser apresentada pelo P. José Tolentino Mendonça na Capela do Rato, a 7 de novembro.

É novo » 28.10.2010

“Morreste-me”: três poemas e cinco textos sobre a morte e esperança cristãs
Estranhamente, a luz ténue da esperança cristã apresenta duas facetas paradoxais em relação à morte. Por um lado, surge como salvação da morte; por outro, o caminho da esperança cristã só é possível através da morte. Saiba mais sobre a brochura publicada esta 5.ª feira pela Pastoral da Cultura da diocese do Porto.

Não sei de onde sois
No evangelho segundo S. Lucas, Jesus fala sobre a dificuldade de entrar pela porta estreita. Ele diz-nos para termos bem claro o que interessa e o que é irrelevante. Se entregarmos os nossos corações a preocupações que não contam, porque motivo haveremos de pensar que Ele nos vai conhecer quando batermos à sua porta? O que é que haverá em nós que seja parecido com Ele?

Cinema: “Dos homens e dos deuses” questiona crentes e não-crentes | VÍDEOS |
«O filme permitiu-me ir mais longe na reflexão sobre a fé e a religião», diz Guillaume, católico “praticante” de 25 anos, que realça as “questões fundamentais” sobre o ser humano colocadas pela obra. Marina, 38 anos, consultora de uma grande empresa de comunicação e herdeira de uma educação «muito católica», da qual se distanciou parcialmente, destaca «a vida em comunidade e a solidariedade» que dela resulta. «Estes homens vão até ao fim, o que nos faz questionar em que condições seríamos nós capazes de continuar.»

Obras sacras portuguesas dos sécs. XVI e XVII na Casa da Música
Paul Hillier dirige harpa, baixão e órgão num programa ilustrativo da época de ouro da polifonia renascentista portuguesa, com o “Requiem a 4 vozes” de Manuel Cardoso, e “Salve Regina”, “Lamentação de Quinta-Feira Santa” e “Veni Sancte Spiritus” de Diogo Dias Melgás.

É novo » 27.10.2010

Poesia: A noite abre os olhos de José Tolentino Mendonça
O livro “A noite abre meus olhos”, poesia reunida de José Tolentino Mendonça, foi lançado esta 2.ª feira, em Lisboa. “Estou aqui para entrar na noite – porque esse é o espaço da experiência mais vezes convocado – com a pouca luz dos pirilampos com que se ousa atravessar o escuro”, escreve José Augusto Mourão no texto de apresentação, que transcrevemos.

Cidade com mais órgãos antigos em funcionamento no centro histórico organiza ciclo com “rei dos instrumentos”
Do total de seis instrumentos antigos restaurados em 2009, quatro têm a marca dos mais destacados mestres de organaria portuguesa do fim do séc. XVIII e início do XIX. A iniciativa apresenta uma programação diversificada, procurando mostrar as várias funções que o órgão pode assumir.

Cristianismo não é coisa fácil que se consiga a dormir

É novo » 26.10.2010

Um céu para a igreja de Santa Isabel | VÍDEO |
A paróquia de Santa Isabel, em Lisboa, confiou ao pintor Michael Biberstein o projeto de substituição da pintura do teto da sua igreja matriz, e ao designer Miguel Vieira Baptista o conceito da cadeira da presidência que orientará a renovação do mobiliário litúrgico. O vídeo que apresentamos inclui imagens dos projetos e recolhe as impressões dos autores, do arquiteto João Appleton e do pároco.

Leitura: “Os melhores contos do Padre Brown”
A escolha de um pequeno e apagado sacerdote católico para seu detetive de eleição é talvez o aspeto mais intrigante da incursão de Chesterton no conto policial. A construção do Padre Brown, homem de Deus simples, sábio e humano, é tanto mais curiosa quanto o primeiro conto de que é protagonista foi publicado há cem em 1810, muito antes do autor ter aderido ao catolicismo.

Diocese do Porto divulga lista de conferências e concertos sobre “A morte e a esperança cristã”
A partir da lista disponibilizada pelo Secretariado Diocesano da Pastoral da Cultura, entidade responsável pelas atividades do próximo mês, as paróquias, movimentos e outras estruturas eclesiais escolhem o(s) evento(s)  mais conveniente(s), de acordo com as suas prioridades pastorais e capacidades financeiras.

«O patriotismo não chega»
Edith Cavell estava em Bruxelas quando começou a Primeira Guerra Mundial. Tolerada pelos alemães invasores, apesar de ser inglesa, acabou por ser detida quando se comprovou que tinha ajudado cerca de 200 soldados aliados a escapar. Foi julgada e condenada à morte. “Não posso parar enquanto houver vidas para salvar”, dizia.

Cinema: “A Rede Social”, um pescador preso nas suas malhas | IMAGENS | | VÍDEO |
Pela dimensão do fenómeno – mais de 500 milhões de contas abertas – e, muito provavelmente pela sua responsabilidade como criador nas novas tecnologias, o realizador David Fincher devolve-nos em “A Rede Social” a realidade do Facebook depois de uma viagem e olho crítico às suas origens.

7.º Encontro Nacional de Referentes da Pastoral da Cultura realiza-se em janeiro de 2011
A novidade desta sétima edição consiste na apresentação dos projetos e iniciativas já realizadas pelas equipas criadas pelo Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura para as áreas da política, arquitetura, cinema, artes, literatura e comunicação.

Domenico Scarlatti | VÍDEOS |
Nasceu em Nápoles a 26 de outubro de 1685. Permaneceu em Portugal durante cerca de nove anos. Compôs mais de 500 sonatas. Morreu em Madrid no ano de 1757.

É novo » 25.10.2010

Luís Miguel Cintra lê o Eclesiastes, fala sobre o Apocalipse e revela livro da Bíblia que voltaria a interpretar
«O texto toca em todos os temas que povoam a minha cabeça e com que me debato continuamente. São questões que têm a ver com a exaltação dos valores humanos, da meditação sobre a morte, começando logo com aquela frase famosa ‘Vaidade das vaidades, tudo é vaidade’». Em entrevista ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, Luís Miguel Cintra fala também da leitura do Apocalipse proferida em junho, na Capela do Rato, e do livro bíblico que gostava de voltar a interpretar.

Uma grande viagem começa por um só passo: O gratuito
Talvez se deva começar por explicar aquilo que o “ato gratuito” não é. Ele não é mais uma estação da ofegante luta pela vida que quotidianamente nos traz mobilizados. Ele não é a necessária corrida ao trabalho, aos bens, ao consumo, aos horários implacáveis, aos transportes que não dormem. Nem se pode identificar sequer com os pequenos prazeres que nos damos, os lazeres, as viagens programadas, as recompensas disto e daquilo. O “ato gratuito” não tem preço: por definição, não se compra nem se paga.

Cinema: “No greater love” e “Lourdes” ganham prémios principais do Festival Religion Today | VÍDEO |
O documentário “No greater love” venceu o prémio principal do Festival de cinema Religion Today. O filme, que perscruta o dia-a-dia de um convento de religiosas carmelitas, constitui, segundo o júri, uma «mensagem poderosa» para quem vive em sociedades que lutam «contra a possibilidade da sabedoria e do amor de Deus». Conheça todos os premiados do festival e veja cinco “trailers” dos trabalhos distinguidos.

Presidente do Conselho Pontifício da Cultura preside a missa na igreja de Santo António dos Portugueses, Roma
A missa do dia da Padroeira de Portugal, Imaculada Conceição, que se celebra na igreja de Santo António dos Portugueses, em Roma, vai ser presidida pelo presidente do Conselho Pontifício da Cultura, D. Gianfranco Ravasi, refere o jornal “Voz Portucalense”.

Conselho Pontifício da Cultura distingue investigador português
O Conselho Pontifício da Cultura distinguiu o investigador português Luís Alberto Esteves Casimiro pela obra “A Anunciação do Senhor na Pintura Quinhentista Portuguesa (1500-1550). Análise geométrica, iconográfica e significado iconológico”.

Pablo Picasso | VÍDEO |
Picasso, nasceu a 25 de outubro de 1881 em Málaga. Com Georges Braque, desenvolve uma nova concepção de pintura que dará origem ao Cubismo. Morreu com 91 anos em Mougins, França.

É novo » 24.10.2010

Oração sem fé vai a pé
Muitos continuam a tentar controlar e manipular um pequeno e não muito simpático Deus com subornos, promessas e observâncias religiosas desprovidas de adesão interior. Aquele pobre cobrador de impostos, permanecendo ao longe, com a cabeça inclinada, compreendeu o que está em jogo na oração e na devoção. Meditação sobre a leitura evangélica do 30.º Domingo do Tempo Comum (24 de outubro).