É novo » 31.5.2010

Lídia Jorge: Encontro com Bento XVI “excedeu largamente” as expectativas
“Apercebi-me de que estava perante uma figura de uma dimensão intelectual invulgar, pela forma como o texto que leu chamava à convergência todos aqueles que se preocupam e trabalham no domínio, não dos bens materiais, mas da espiritualidade. Fui ficando muito entusiasmada e posso dizer que me tocou e que ainda hoje me toca.”

Ser padre é ser educador | VÍDEO |
O Pe. José Lopes formou-se em direito, em Coimbra, antes de decidir seguir a vida religiosa. Ingressou na Companhia de Jesus e, como parte da sua formação, passou algum tempo a trabalhar no Colégio da Imaculada Conceição, em Cernache, uma das três escolas que os jesuítas possuem em Portugal. “Um educador deve ser um servidor, no sentido que se semeia. Quem colhe, não é connosco. A nossa alegria tem de ser essa.”

Teatro: Os Mistérios da Missa
Os Autos Sacramentais de Pedro Calderón de la Barca, coetaneamente representados na rua, em ambiente de festa social, no dia do Corpo de Deus, continuam a potenciar, para além de um género dramático-religioso, uma fonte de participação estética e emocional, aberta a uma constante reelaboração das mundividências pessoais e colectivas, sendo “Os Mistérios da Missa”, uma verdadeira obra-prima de didactismo teatral, que dá a ver a Liturgia como uma Poética de construção de sentidos e de relações.

Ecumenismo pela música | IMAGENS |
O Patriarca de Moscovo, Cirilo, ofereceu recentemente a Bento XVI um concerto de música clássica, pela qual o Papa tem uma reconhecida paixão. “A música é uma linguagem particular que nos permite comunicar com os nossos corações. Ela transmite emoções da alma humana e de estados de espírito que as palavras simplesmente não são capazes de descrever.”

Faculdade de Teoiogia propõe doutoramento em “Itinerários da espiritualidade cristã”
Nos tempos que correm a espiritualidade saiu do vitral e passou para a montra. Recorre-se hoje abundantemente a essa categoria inscrevendo-a em contornos muito fluidos ou descrevendo-a como experiência que a subjectividade declina sem mais. Onde identificar os novos e os antigos caminhos da espiritualidade cristã e que autores, paradigmas e textos os ajudam a percorrer?

É novo » 25.5.2010

Capela do Rato estreou Missa de Pentecostes | VÍDEO |
A Capela do Rato, em Lisboa, assistiu neste Domingo à estreia da Missa de Pentecostes composta por João Madureira, com interpretação do grupo Sete Lágrimas. Em entrevista concedida ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura alguns dias antes da estreia, o autor, João Madureira, explicou as motivações do projecto e elogiou a abertura da Igreja às artes contemporâneas, atitude que, segundo diz, ainda é uma “novidade”.

Mosteiro de S. Vicente de Fora mostra arte e história
A apresentação pública da obra “Mosteiro de São Vicente de Fora: Arte e História”, que oferece um conhecimento actualizado sobre os seus oito séculos de existência, vai ser enquadrada por colóquios, exposições de fotografias e documentos, um concerto e uma mostra de produtos conventuais, iniciativas que decorrerão a 28 e 29 de Maio.

Quero ser padre apesar do cancro
Histórias de vocações há muitas, cada uma é especial e particular, mas há um factor que torna a caminhada de Philip particularmente tocante: Tem mais ou menos o tamanho de uma lima, e encontra-se na sua cabeça, mais precisamente na parte do seu cérebro que controla os movimentos.

Bento XVI em Portugal: Discursos e Homilias
A obra, de 120 páginas, inclui as orações rezadas pelo Papa, além das saudações pronunciadas pelos bispos de Lisboa, Fátima e Porto e pelos prelados responsáveis pela Pastoral da Cultura e Pastoral Social.

É novo » 24.5.2010

A cultura nunca será uma “guerra”, ou deixaria de ser cultura
Haverá necessariamente lugar para a defesa e promoção de valores, no convencimento lúcido que cada um – indivíduo ou grupo – tenha deles. A Igreja Católica entra na partilha cultural com o entendimento bimilenar que ganhou das palavras e atitudes de Cristo. – O que faria Cristo hoje, ou melhor, o que se há-de fazer no seu Espírito, nas circunstâncias concretas em que se vive?!

Cannes reflecte sobre “Deuses e Homens” | IMAGENS || VÍDEO |
Em 1996, no auge da guerra civil argelina, sete monges franceses desapareceram do seu mosteiro nos montes Atlas. Mais tarde foram encontrados os cadáveres de todos os religiosos, mas até hoje os responsáveis pela sua morte permanecem desconhecidos, com diferentes teorias a culpar ora o exército ora os militantes islamistas que o combatiam. O realizador Xavier Beauvois decidiu explorar o tema com o filme “De Deuses e Homens” (Des hommes et des dieux, 2010), que esteve a concurso na edição deste ano do festival de Cannes.

Sidereus Nuncius: O Mensageiro das Estrelas | IMAGENS |
Quatrocentos anos volvidos após a sua publicação original em Veneza, surge agora, pela primeira vez no nosso país, uma tradução para português do “Sidereus Nuncius” (1610), uma obra que pode, sem qualquer exagero, ser considerada a mais emblemática, a mais perturbadora, mas também a mais acessível de todas quantas compõem o excepcional panteão dos textos da “Revolução Científica”. O “Sidereus Nuncius” é o livro em que Galileu Galilei (1564-1642) deu a conhecer as novidades que descobrira com o telescópio, e é seguramente uma das mais importantes obras em toda a história do pensamento científico.

Merkel reconhece que cristianismo moldou Alemanha
“Não digo que não poderíamos ter chegado aqui de outra forma, mas na Alemanha é muito claro que foi através do Cristianismo. Quer isso dizer que nós sabemos que a palavra liberdade não significa estarmos livres de algo, significa a liberdade que nos é dada por Deus, pela sua criação, para nos dedicarmos aos outros e a causas.”

Os sorrisos de Bento XVI e de Manoel de Oliveira
No seu encontro com o mundo da cultura – um mundo no qual Sua Santidade se sente perfeitamente em casa – Bento XVI irradiava novamente alegria. Em cima daquele palco, ladeado por grandes figuras do mundo cultural português, apenas um sorriso se destacava acima do seu. Manoel Oliveira parecia uma criança na sua própria festa de anos.

Sei que são palavras fora de moda, mas que possibilidade de vida, de amor, de verdade existe hoje?

Dezassete séculos de vida monástica (6): A gigantesca abadia de Cluny
A aproximação do ano 1000 acende os medos na população medieval: medo do fim do mundo, medo dos muçulmanos que ocupavam a Península Ibérica, medo da epidemias, medo das invasões dos normandos… Os mosteiros, que à época são o centro da Igreja, atravessam também uma crise: tendo caído sob o domínio dos bispos ou dos senhores feudais, muitos perderam a sua autonomia e influência. É então que operam diversas reformas que têm como objectivo restaurar o espírito beneditino das origens.

É novo » 19.5.2010

6.ª Jornada da Pastoral da Cultura: as inscrições estão abertas!
A 6.ª Jornada da Pastoral da Cultura vai ser dedicada ao “Elogio da Igualdade”. Conheça o programa e os convidados.

6.ª Jornada da Pastoral da Cultura: perguntas e respostas
Algumas perguntas e respectivas respostas sobre o encontro: local, formas de inscrição, prazos e outras dúvidas.

6.ª Jornada da Pastoral da Cultura: faça a pré-inscrição pela Internet
Faça a pré-inscrição na Jornada através de um formulário «online».

É novo » 18.5.2010

E se a arte voltasse a aceitar Deus?
“Quero que a grande arte e os grandes artistas, nomes fundamentais da arte contemporânea que não se interessam por temas religiosos, voltem a olhar para lá da fronteira. Será um benefício para nós [Igreja], mas também para eles [artistas], porque [ao virarem costas à metafísica] perderam grandes temas, grandes símbolos, grandes narrativas”, disse o presidente do Conselho Pontifício da Cultura.

Presenças reais
Não creio que a Igreja pretenda que as artes e o pensamento sejam ortodoxos ou catequéticos. Seria errado se pensasse assim. A arte e o pensamento incomodam, como deve incomodar o catolicismo, quando vivido como exigência e não como convenção.

Leitura: Diálogo em tempo de escombros
Se olharmos para a tradição Apostólica e para o oceânico volume de pensamento e escritura dos Padres da Igreja, se mergulharmos na extraordinária vivacidade da escolástica medieval ou na sofisticação vertiginosa da oratória posterior, percebemos que o cristianismo, sendo uma experiência interior e circunscrita, sempre procurou uma dicção pública e transfronteiriça. Leia o prefácio.

“Câmara Clara” dedicou programa à relação da Igreja com a arte contemporânea | VÍDEO |
Paula Moura Pinheiro convidou Fernando António Baptista Pereira, professor de História de Arte, e Paulo Pires do Vale, filósofo da cultura que tem reflectido sobre as relações da Igreja com a Arte, e que é membro do grupo de trabalho do Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura. Veja a emissão na íntegra.

«O Meu Primeiro Jesus»: Director da Faculdade de Teologia lança livro para crianças
A obra, ilustrada por José Miguel Ribeiro, vai ser apresentada por Isabel Stilwell e pelo P. José Tolentino Mendonça.

Curso ensina a divulgar actividades culturais
O programa inclui a abordagem da comunicação nas instituições culturais, estratégias e acções de comunicação, como falar com os jornalistas e análise de casos práticos.

É novo » 17.5.2010

Igreja em Portugal: O dia de amanhã está à nossa espera
No balanço desta histórica visita, e que excedeu largamente as melhores expectativas, Bento XVI veio literalmente retirar a Igreja portuguesa do seu descanso.

Visita de Bento XVI foi “explosão magnífica” | VÍDEO |
D. Manuel Clemente, diz que a visita de Bento XVI a Portugal foi uma “explosão magnífica”, visível na “alegria” e “adesão” de milhares de pessoas de todas as idades.

Discurso de Bento XVI ao mundo da cultura (Lisboa, 12 de Maio de 2010) | IMAGENS |
Caros amigos, a Igreja sente como sua missão prioritária, na cultura actual, manter desperta a busca da verdade e, consequentemente, de Deus; levar as pessoas a olharem para além das coisas penúltimas e porem-se à procura das últimas. Convido-vos a aprofundar o conhecimento de Deus tal como Ele Se revelou em Jesus Cristo para a nossa total realização.

Bento XVI preocupa-se em falar para os seus piores ouvintes
“Este Papa preocupa-se sempre por falar numa linguagem da modernidade para as pessoas que se esforçam por pensar o mundo e por criar alguma coisa de novo”, sublinhou Pacheco Pereira à entrada do encontro de Bento XVI com o mundo da cultura.

Cultura: Igreja à espera de uma palavra iluminadora
O presidente da Comissão Episcopal da Educação Cristã sublinhou que a iniciativa desta sessão, partiu da Igreja portuguesa, “tendo surgido do facto de sabermos que Bento XVI tem pelas relações entre a fé e a cultura uma grande preferência e uma competência excepcionais”.

Encontro de Bento XVI com o mundo da cultura (Lisboa, 12.5.2010): Videogaleria | VÍDEOS |
Vídeos da sessão realizada no Centro Cultural de Belém, com entrevistas a convidados, chegada do Papa e discursos de D. Manuel Clemente, Manoel de Oliveira e Bento XVI.

Bento XVI deu grande relevância à cultura, diz Gabriela Canavilhas
A comunidade cultural “estava ansiosa pelo discurso de Bento XVI”, disse a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, após o encontro do Papa com agentes da arte, ciência e pensamento.

Encontro de Bento XVI com o mundo da cultura é “ponte de diálogo entre dois sectores que estiveram de costas voltadas”
Rui Vieira Nery acredita que o encontro do Papa com a cultura portuguesa oferece “um terreno comum muito amplo, que tem de ser explorado”.

Bento XVI ao mundo da cultura: “Fazei coisas belas, mas sobretudo tornai as vossas vidas lugares de beleza” | IMAGENS |
Falando perante representantes do mundo cultural português no segundo dia da sua visita ao país, o Papa referiu que “a missão ao serviço da verdade” é “irrenunciável” para a Igreja.

Saudação de D. Manuel Clemente a Bento XVI no encontro com o mundo da cultura
Creio falar em nome de todos os que aqui estamos, ao dizer-Vos, Santo Padre, que compartilhamos a Vossa preocupação constante em não reduzir a consistência cultural das nossas análises e actuações, como cidadãos responsáveis, lúcidos e intervenientes nos diversos sectores da sociedade nacional e internacional.

Religião e arte: Palavra de Manoel de Oliveira no encontro de Bento XVI com o mundo da cultura
Em “Cristóvão Colombo – O Enigma”, pareceu-me bem introduzir o Anjo da Guarda, aqui o da nação portuguesa, como prévia configuração do Destino, tantas vezes adverso e tantas outras favorável às acções humanas, como aconteceu nessa feliz viagem do navegador que, pela primeira vez, encontrou as ilhas americanas de Antilhas.

É novo » 11.5.2010

A rebeldia de Bento XVI
O cristianismo não é um parque jurássico, uma ideologia religiosa, um corpo de «apparatchiks»: o cristianismo está vivo, ancora-se numa experiência espiritual e histórica, é legível à razão, interroga-se à luz de uma tradição teológica, debate-se com o presente das múltiplas culturas, confronta-se, aprofunda-se.

Cultura portuguesa ouve Bento XVI | IMAGENS |
Na presidência vão estar, além de Bento XVI, o secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Tarcisio Bertone, D. José Policarpo, D. Manuel Clemente e Gabriela Canavilhas. Saiba quem são as personalidades que vão estar no palco do Centro Cultural de Belém e as que o Papa vai cumprimentar a seguir ao seu discurso.

Centro Cultural Português no coração de Roma
O reitor do Instituto Português de Santo António, Mons. Agostinho Borges, quer que este espaço se assuma cada vez mais como o núcleo central da presença portuguesa em Roma. O caminho passa pela aposta na actividade cultural e de divulgação da língua, com conferências, exposições e a valorização do arquivo histórico.

Musical “Wojtyla” recorda João Paulo II
Esta semana todo o país está de olhos postos em Bento XVI, mas as cerca de 150 pessoas envolvidas na produção de “Wojtyla” têm estado a aprofundar os conhecimentos do seu antecessor, João Paulo II.